domingo, 18 de janeiro de 2015

BARBÁRIE

Penso que ninguém tem o direito de tirar vida de outro semelhante. E com o brasileiro fuzilado na Indonésia observo algumas pessoas a quase comemorar, como se a pena de morte fosse a solução para o fim da criminalidade. O máximo de uma pena deveria ser a prisão perpétua.
Quem defende a pena de morte defende o atraso. A barbárie. Não é civilização. Aí é a humanidade voltar no tempo. Os valores cristãos e de outras crenças ou dos que não têm crença não valem? Acredito no caminho do diálogo e que é possível resolver os problemas e sem violência.

Um comentário:

valdeir vieira da silva disse...

Muito bom! Concordo.....

http://www.valdeirvieira.com/villaggio-lake-gardens/